Rodrigo Almeida

 

Partindo da cultura material e imaterial brasileira, Rodrigo Almeida constrói seu repertório que codifica através de uma visão pessoal seu testemunho atávico, resignificando assim a sua criação de objetos.

Se trata de um processo intuitivo onde organiza aspectos culturais os deslocando para uma outra forma, por exemplo o que seria uma cadeira Afro Brasileira?

O design brasileiro é uma criação cultural, uma invenção histórica onde os brasileiras podem de maneira antropofágica projetar para o mundo um novo olhar, uma nova maneira de criar e se relacionar com objetos e seus entornos.

Rodrigo Almeida participou de inúmeros projetos e exposições individuais e coletivas como Endemic (Milão), Entre Nous, para Maison Christian Lacroix (Paris), Poética de miscigenação na Fat Gallery (Paris).

Algumas de suas peças fazem parte da coleção permanente do Centro Nacional de Artes Plásticas em Paris e da coleção Li Edelkort também em Paris. Colabora desde 2009 com NABA - Academia de Belas Artes de Milão, onde já lecionou oficinas e participou de projetos e exposições.

No Brasil desenvolveu produtos em escala industrial para empresas brasileiras, como Vallvé, NOS Furniture, Dpot e DuPont além de edições limitadas e peças únicas para galerias como Legado Arte (Brasil), Gal Gaon (Israel), Contrasts (Xangai) entre muitas outras, além de estar presente em importas coleções privadas em várias partes do mundo.